Assinatura_1_571_160
subscrição de newsletter

Notícias Económicas

Contexto que levou à criação do projeto

O Plano de Desenvolvimento Social (2013/2015) assenta em três prioridades estratégicas: a qualificação inicial das crianças e jovens; a empregabilidade e aprendizagem ao longo da vida da população ativa; e a promoção da saúde e a atuação na vulnerabilidade social dos grupos e territórios mais desfavorecidos.
Atendendo ao Plano de Desenvolvimento Social, os principais problemas diagnosticados no território do concelho de Vila Nova de Famalicão prendem-se com a elevada taxa de desemprego que se regista e que ascende a cerca de 15,4% (10 557) Dezembro de 2013. Uma parte muito significativa das pessoas desempregadas possui qualificações abaixo do 9º ano de escolaridade (70,5%) 2013, e não possui certificação profissional. O desemprego das pessoas com deficiência ou incapacidades (136 inscritos no centro de emprego) e das pessoas com baixos níveis de qualificação agrava as dificuldades de empregabilidade, acarretando outros problemas que podem conduzir a situações de pobreza e de exclusão social.

Neste território, são de destacar também as crianças que estão em risco de pobreza, situação essa que muitas vezes advém de circunstâncias do desemprego (483 crianças e jovens acompanhados pela CPCJ em 2012), ou vulnerabilidade (825 agregados familiares beneficiários do RSI).

Tendo em consideração as principais necessidades identificadas, que se prendem com a consolidação das competências de procura ativa de emprego, o emprego apoiado, através da criação de mecanismos locais de combate ao desemprego, a promoção de sinergias entre atores relevantes (IEFP, Câmara Municipal, Juntas de Freguesias, Associações Locais, Agrupamento de Escolas, IPSS’s, Instituto da Segurança Social IP., Gabinetes de Atendimento e Acompanhamento Social, Rede Local de Educação e Formação, Famalicão Empreende, Federação Concelhia de Associação de Pais, CPCJ, Empresas, Associações culturais, recreativas e desportivas), a criação de mecanismos que facilitem a gestão da vida profissional e familiar, o reforço das competências parentais; a aposta em mecanismos de prevenção da exclusão social, entendeu-se que o programa CLDS+ constituiria uma oportunidade de intervenção no território, em parceira, por forma a colmatar as necessidades identificadas.

Assim, a Câmara Municipal de Vila Nova de Famalicão e a ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional do Vale do Ave, abraçaram o projeto CLDS+ FAMALICÃO com o objectivo de contribuir para o Desenvolvimento Social do território, com ações divididas em três eixos interligados.

 

img

Links úteis

Universo Adrave

SGS
ADRAVE, Agência de Desenvolvimento Regional
Avenida 25 Abril, n.º 634 - Casa de Louredo
4760-101 Vila Nova de Famalicão