Assinatura_1_571_160
subscrição de newsletter

Notícias Económicas

Formação

ADRAVE promove Diagnóstico de Necessidades de Formação para Empresas e pessoas individuais


ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional, encontra-se a promover um Estudo Diagnóstico de Necessidades de Formação, para tal, elaboramos um Questionário que destina-se a identificar e recolher, de forma simples e objetiva, informação sobre necessidades atuais de formação que vão de encontro às melhorias de desempenho no âmbito da sua equipa de colaboradores/as ou atividade profissional.

Poderá ter acesso aos questionários ao aceder

- aqui para o Empresário

- aqui para profissional individual

O seu preenchimento não demorará mais que 3 minutos!

Este questionário é de natureza confidencial, pelo que as respostas dadas servem apenas o propósito acima exposto.



Cheque Formação já disponível - Uma Oportunidade para a si

ADRAVE – Agência de Desenvolvimento Regional informa o Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP,IP), com o intuito de melhorar a empregabilidade e a qualificação, disponibiliza um apoio financeiro para a frequência de ações de formação.

Neste contexto, foi estabelecido o lançamento do Cheque-Formação enquanto medida relevante para a melhoria da produtividade e da economia do país.
O Cheque-Formação visa contribuir para a melhoria da produtividade e da competitividade das empresas, através do reforço da qualificação profissional dos seus trabalhadores, em especial dos menos qualificados.

O que é o cheque-formação?

É um apoio financeiro concedido pelo Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP) às empresas, aos ativos empregados e aos desempregados inscritos no IEFP, que frequentem percursos de formação ajustados às necessidades das empresas e do mercado de trabalho.

Quais os objetivos?

Reforçar a qualificação e empregabilidade, melhorando a produtividade e competitividade das empresas, através da aposta na qualificação profissional dos seus trabalhadores.
Potenciar a procura de formação por parte dos ativos empregados e dos desempregados e incentivar os percursos de aprendizagem ao longo da vida.

Quem são os beneficiários?

• Os Ativos empregados (independentemente do nível de qualificação) com idade superior ou igual a 16 anos;
• Os desempregados inscritos no IEFP (há, pelo menos, 90 dias consecutivos), detentores de nível 3 a 6 de qualificação (ensino secundário a licenciatura);

Qual é o apoio por trabalhador?

• Limite de 50 horas no período de dois anos;
• Valor hora limite de 4,00€;
• Montante máximo de 175,00€;
• Financiamento máximo de 90% do valor total da ação de formação, comprovadamente pago.

Quais são os apoios financeiros para os desempregados?

• Limite de 150 horas no período de dois anos;
• Apoio financeiro correspondente ao valor total da ação, até ao montante de 500,00€, comprovadamente pago.

Quem pode apresentar candidatura ao cheque-formação?

• Os ativos empregados: a candidatura pode ser feita pelo próprio ou pela empresa onde trabalha;
• Os desempregados: a candidatura é feita pelo próprio.

Quem pode organizar e desenvolver a formação profissional no âmbito do cheque-formação?

A formação profissional a desenvolver deve ser ministrada por uma entidade formadora certificada pela DGERT ou entidades que, pela sua natureza jurídica e âmbito de atuação, não carece de requer a certificação como entidade formadora, como é o caso da ADRAVE.

Percursos de formação:

Devem, preferencialmente, basear-se em unidades de formação de curta duração (UFCD) que integram os referenciais de formação dos níveis 2 ou 4 constantes do Catálogo Nacional de Qualificações (CNQ);
No caso as necessidades específicas dos beneficiários não encontrem resposta no CNQ, os percursos formativos podem ser extra CNQ. Nesta situação, têm de ser devidamente fundamentadas e que se revelem de interesse para potenciar a empregabilidade ou a (re)qualificação.

Quais os requisitos das entidades empregadoras?

As entidades empregadoras candidatas são pessoas coletivas ou singulares de direito privado, com ou sem fins lucrativos, que reúnam à data da candidatura, cumulativamente, os seguintes requisitos:
• Regularmente constituídas e registadas;
• Comprovem ter a situação contributiva regularizada perante as finanças e a segurança social;
• Preencham os requisitos legais exigidos para o exercício da atividade;
• Não se encontrem em situação de incumprimento, no que respeita a apoios financeiros concedidos pelo IEFP;
• Disponham de contabilidade organizada;
• Não tenham sido condenadas por factos que envolvam disponibilidades dos fundos estruturais;
• Não apresentem salários em atraso;
• Não tenham sido condenadas por violação da legislação de trabalho sobre discriminação no trabalho e emprego.
• Cumulação com outros apoios
O Cheque-Formação não é atribuído quando a ação de formação alvo do apoio é objeto de cofinanciamento público, não podendo igualmente ser utilizado pelos beneficiários para concretizar a realização de formação exigida no âmbito de outros apoios públicos atribuídos, nomeadamente pela Medida Estímulo Emprego.

Contactos:

Para mais esclarecimentos ou apoio à elaboração de candidaturas, contatar:
Departamento de Formação da ADRAVE:
Tel: 252302600
e-mail: adrave@adrave.pt 

Links úteis

Universo Adrave

SGS
ADRAVE, Agência de Desenvolvimento Regional
Avenida 25 Abril, n.º 634 - Casa de Louredo
4760-101 Vila Nova de Famalicão