Assinatura_1_571_160
subscrição de newsletter

Notícias Económicas

EcoRIS3: Policies & Measures to Support Local & Regional Innovation Ecosystems

13 de Novembro de 2017
Ecoris3_preview_1_301_300

O projeto ecoRIS3 desenvolve-se no domínio do apoio à inovação empresarial, incluindo a inovação de produto, de processo, dos métodos organizacionais e do marketing. Existe uma clara necessidade de agregar energias e de desenvolver redes de parceria para dar resposta ao “Desafio e Oportunidade para a Especialização Inteligente” (RIS3), considerando as políticas públicas de promoção e apoio à inovação e os stakeholders como agentes dessa mudança.

Nesse quadro, o nosso objetivo do projeto é, portanto, identificar e promover as políticas e medidas referentes aos "sistemas interorganizacionais, políticos, económicos, ambientais e tecnológicos, através dos quais um ecossistema favorável ao crescimento do negócio é catalisado, sustentado e apoiado (Simpósio IEN: Tokyo 2012) ": Ecossistemas de Inovação.


No âmbito deste projeto pretende-se analisar e encontrar soluções em torno dos seguintes elementos-chave e desafios:

1 - A influência dos centros e instituições tecnológicas e de investigação sobre os agentes económicos locais / regionais;
2) Como melhorar os ecossistemas de inovação por meio de métodos de inovação aberta?
3) A especialização inteligente: Como podem os fundos regionais de desenvolvimento ser adotados a nível local?
4) As novas ferramentas e plataformas para criar um ecossistema de inovação a nível local / regional (relação com as partes interessadas, fóruns, redes, comunicação, etc.)
5) Talento: Como podem a atração de talentos e as estratégias de retenção contribuir para o desenvolvimento de ecossistemas territoriais de inovação, e como podem os ecossistemas de inovação contribuir para a atração e retenção de talentos?

Pretende-se melhorar os principais instrumentos de política pública, procurando contribuir também para a implementação da RIS3 – Estratégia Regional de Especialização Inteligente, associada também à promoção da tripla hélice nos processos de inovação no quadro do Programa Operacional para o Investimento no Crescimento e no Emprego, com particular enfoque na promoção e implementação do RIS3 ao nível local.


Estes objetivos estão também em linha com o INTERREG Europa, Eixo Prioritário 1 (“Reforço da investigação, desenvolvimento tecnológico e inovação”), e especificamente o objetivo 1.2 (“Promover a implementação das políticas e programas de desenvolvimento regional, em particular os programas para o Investimento no Crescimento e no Emprego e, onde for relevante, os Programas de Cooperação Territorial Europeus, que apoiam o desenvolvimento da inovação pelos atores nas cadeias de inovação regional em áreas de “especialização inteligente” e oportunidades de inovação”).


De acordo com o Manual do Programa, "... As autoridades regionais e os seus parceiros de inovação necessitam de facilitar a cooperação e as iniciativas conjuntas entre empresas, centros de I & D e os atores do ensino superior em áreas-chave regionais de especialização inteligente e oportunidades de inovação. Isso abrange medidas relacionadas com o desenvolvimento de clusters de investigação, apoiando também a cooperação de tripla hélice. A criação de ecossistemas de inovação eficazes pode melhorar a transferência de tecnologia e a geração e exploração económica de novos resultados de I & D. As regiões devem desenvolver e cultivar clusters dedicados à investigação nos setores que apresentam o maior potencial de crescimento orientada para a inovação. Finalmente, os atores regionais também podem criar políticas para desencadear o uso da inovação, por exemplo através da contratação pública da inovação. Nesta prioridade específica, o tema transversal das TIC pode, por exemplo, ser refletido em apoio da política regional para a inovação em tecnologias digitais. ".


As principais atividades propostas distribuem-se por duas fases de exexução do Projeto, de acordo com as regras do INTERREG Europa:

- Fase 1 (março de 2017-fevereiro de 2020: Dedicada à troca de experiências sobre as políticas públicas e à preparação da identificação e execução de atividades a desenvolver resultantes da análise realizada e das lições aprendidas. Até o final desta fase cada região parceira deve apresentar um plano de ação para a integração das lições aprendidas com a cooperação nas suas políticas regionais e / ou programas de Crescimento e Emprego & RIS3. Os planos de ação devem identificar as medidas a serem integrados e os seus prazos, etapas de trabalho, os atores responsáveis, os custos (se houver) e fontes de financiamento. Os parceiros irão envolver ativamente os stakeholders regionais relevantes em todas as atividades.


- Fase 2 (março de 2020-fevereiro de 2022): esta fase será dedicada ao acompanhamento por cada região parceira da implementação do seu Plano de Ação pelos atores responsáveis no seu território. (Os Parceiros estão conscientes de que a implementação no terreno dessas ações não é financiada pelo INTERREG EUROPE. Embora essa monitorização ocorra principalmente dentro do contexto de cada região, vamos organizar actividades conjuntas nesta fase de monitorização para continuar com o processo de aprendizagem relativamente às políticas públicas.

Atividades Do Projeto - Calendarização

Os parceiros do Projeto são: 

1 Fomento San Sebastián (ES)
2 CIT Cork Institute of Technology (Ireland)
3 Adrave - Regional Development Agency (Portugal)
4 Sunrise Valley (LT)
5 Kainuun Etu - Regional Development Agency (Finland)
6 Turin Metropolitan City (Italy)
7 Vidzeme Planning Region (Letonia)
8 Conference of Atlantic Arc Cities (FR)

NEWSLETTERS DO PROJETO: 

Newsletter - Julho 2017

Newsletter - Outubro 2017

Mais informações, pode contactar a ADRAVE:

Telf: 252302600 / Dra. Paula Peixoto Dourado 

e/ou visitar o site do Projeto: https://www.interregeurope.eu/ecoris3/ 

Links úteis

Universo Adrave

SGS
ADRAVE, Agência de Desenvolvimento Regional
Avenida 25 Abril, n.º 634 - Casa de Louredo
4760-101 Vila Nova de Famalicão